Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

12 Comentários

Falcão não solta pum

Falcão não solta pum

É sempre chato falar da imprensa. Entretanto, é preciso falar alguma coisa.
Entendo, realmente entendo, o que o Falcão representa para o torcedor gaúcho e para a imprensa de forma geral.
Mas não compreendo e questiono.

Nada contra ou a favor do Celso Roth, que sempre achei que tem qualidades para montar bons times mesmo com escassez de talento.
Mas é luta é desumana.
Celso Roth x Falcão?
Para a boa parte da imprensa Roth perde em tudo.

Achei até engraçada a postura.
Enaltecer a presença de Falcão na concentração é demais pra mim.
Na minha visão, a presença dele é obrigatória e não um favor, uma concessão.

Renato Gaúcho pode jogar futevôlei e os outros têm que decorar tudo do adversário e treinar e trabalhar?
Ora!

O problema não é localizado.
Alguns eleitos por parte da imprensa se tornam santos e a outros apenas a condenação.
Não foi o que aconteceu com Adilson no Cruzeiro?
Não foi o que aconteceu com Roth no Galo?
Não foi o que aconteceu com Luxa no Atlético? Ele tudo podia.
Trouxe auxiliar de arbitragem, a fisioterapia toda do “Filé” e muito mais.
As seguidas viagens a Atibaia são normais e o outro não pode errar nada que vai para a cruz.
Credo!

Infelizmente tem sido assim.
Enquanto Celso Roth, Adilson e outros soltam puns, Falcão, Luxa e Renato vivem com desconfortos gastrointestinais.

[related_posts_by_tax posts_per_page="4"]
  • José Augusto

    Ê Marra,

    mais uma sensacional.

    Parabéns!

    • Mário Marra

      Valeu, José Augusto!
      Abraação

  • Frederico Augusto

    Parabéns pelo texto Marra. Mais uma vez foi perfeito na análise..mas a culpa disso é de alguns jornalistas que endeusam figuras pra lá de mortais..abraços..

    • Mário Marra

      Valeu, Frederico!
      Não dá é pra cobrar exageradamente de um e passar a mão na cabeça de outros.
      Abração

  • http://redimensionar.com viniciusmaroch

    Como disse José Augusto, sensacional! Agora, pra fechar a semana com chave de ouro só falta uma opinião sobre o tendão do Corinthians!

    • Mário Marra

      Fala, Vinícius!
      Valeu!
      O Adriano sofreu um acidente.
      O time vai honrar o contrato e Tite não vai precisar alterar o esquema.
      Abração

  • José Eduardo Barata

    Tudo o que gostaria de ler .
    Ouvindo o Enquanto a bola não rola , na Globo, ouvi pérolas
    dos comentaristas a respeito do Luxemburgo, a destacar :
    ” o Projeto (com direito a pronúncia do J com se fosse um X)
    do Luxa para o Flamengo , num primeiro momento, é a
    conquista do campeonato estadual”.
    Louvável !
    Então vem um treinador e apelida de “projeto” aquilo que é
    dever , tarefa perseguida por todos : vencer um campeonato.
    E o que é pior : todos os outros participantes endossam o
    palavrório do técnico marqueteiro .
    Quanta chatice !
    Nós , do Galo , sabemos bem o que isto significa .

    • Mário Marra

      Fala, amigo!
      Luxemburgo é muito habilidoso e o fato de não ter perdido se torna mais importante que a constatação de que o time não está bem encaixado.
      Abração

  • Paula Ribas

    Boa, Mario!!! Concordo e assino!!!

    • Mário Marra

      Oi, Paula!
      Obrigadão pela força.

  • Paulo Henrique Rodrigues

    É isso ai Mário.
    Tenho achado muito interessante alguns fatos e essa tolerância/intolerância não se restringe ao técnicos. Ver a imprensa enaltecendo determinados jogadores. Ronaldinho gaúcho, por exemplo, até agora não justificou em campo o salário milionário, é reverenciado por qualquer coisa que faça. O Ganso que é um craque inquestionávelmente , mas ainda não jogou o que pode e qualquer toque vira…
    Um grande abraço

    • Mário Marra

      Fala, Dr.Paulo!
      A palavra correta é mesmo tolerância/intolerância.
      Incrível mesmo é que Celso tem uma carreira mais vitoriosa até.
      Vai entender o que acontece.
      Abração